Pedro Henry 05O Partido Progressista só poderá eleger o novo diretório estadual depois de junho, sob pena de nulidade. A determinação partiu da comissão executiva do diretório nacional do partido, presidida pelo senador Ciro Nogueira (PI), em resolução divulgada ontem. Foi considerada “a necessidade e a conveniência político-partidária de unificar as datas das convenções estaduais”.

Por consequência da resolução, Ciro prorrogou até 30 de junho, os mandatos dos diretórios estaduais e comissões executivas em Mato Grosso, Roraima, Sergipe, São Paulo, Pará, Amazonas, Paraíba, Alagoas, Ceará, Pernambuco, Goiás, Rondônia, Amapá, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Paraná. A realização de qualquer convenção para a eleição fica condicionada à prévia autorização da comissão executiva nacional.

Leia também:  Presidente da Câmara busca parceria com instituição para oferecer cursos de qualificação para servidores

O atual presidente do PP em Mato Grosso é o deputado federal Pedro Henry.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.