Foto: reprodução
Câmara dos deputados – Foto: reprodução

O bloco partidário formado pelo PV e pelo PPS na Câmara, em 31 de janeiro de 2011, foi desfeito hoje (11), de comum acordo entre os líderes dos dois partidos, deputados Rubens Bueno (PPS-PR) e Sarney Filho (PV-MA). A decisão dos dois líderes já foi comunicada à Mesa Diretora da Casa. Com o bloco parlamentar, os partidos conseguiam maior espaço na formação das comissões técnicas da Câmara.

O PPS tem 11 deputados federais e o PV, dez. Os dois juntos tinham uma bancada de 21 deputados e, com isso, tiveram direito a escolher a presidência de uma comissão técnica, a do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, que é presidida pelo deputado Penna (PV-SP). O primeiro vice-presidente é o deputado Sarney Filho e o segundo é o deputado do PPS Arnaldo Jordy (PA).

Leia também:  Presidente da OAB se manifesta sobre advogada que chamou Maggi de "cocaleiro"

Ao desfazer o bloco, o deputado Rubens Bueno disse que tanto o PPS como o PV têm  projetos próprios para as eleições do ano que vem e que não haviam justificativa de continuarem juntos em bloco partidário.  “O PV está em busca de candidatura própria a presidente e o PPS também trabalha com seu projeto oposicionista para disputar o Planalto. Achamos melhor cada partido tocar o seu projeto de forma independente, buscando maior visibilidade e construindo projetos para 2014”,  disse o deputado Rubens Bueno.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.