Dinheiro apreendido pela PRF - Foto: Divulgação/PRF
Dinheiro apreendido pela PRF – Foto: Divulgação/PRF

Três homens foram flagrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) transportando ilegalmente quase US$ 2 milhões em espécie, após uma abordagem de rotina na BR-070, nas proximidades do trevo de acesso a Nossa Senhora do Livramento/MT.

No final da manhã, os agentes da PRF abordaram uma caminhonete com placas de Cuiabá, com dois ocupantes, na BR-070. O motorista, um jovem de 23 anos, e o passageiro, um homem de 33 anos, disseram que eram moradores de Pontes e Lacerda. Após revistarem os indivíduos, os policiais encontraram R$ 10 mil, além de quatro celulares. Diversas mensagens suspeitas estavam nos aparelhos, indicando o transporte de algo ilícito. Questionados sobre o dinheiro, um disse que seria para pagar despesas médicas, já o outro dizia que era para comprar um carro.

Leia também:  Idoso de 79 anos é morto com tiro no rosto e filha é baleada durante tentativa de assalto

Mesmo diante dos indícios, nada foi encontrado com os suspeitos, que acabaram sendo liberados.

Entretanto, uma outra equipe, com apoio do Núcleo de Operações Especiais da PRF, seguiu o carro dos abordados e flagrou o encontro deles com um terceiro homem, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, o qual também estava em uma caminhonete com placas de Cuiabá.

Os suspeitos foram abordados e demonstraram intenso nervosismo. Foram todos encaminhados ao posto da PRF do Trevo do Lagarto, onde os veículos passaram novamente por uma revista minuciosa. Dentro do pneu estepe da segunda caminhonete abordada foram encontrados diversos pacotes de dólares, contendo US$ 100 mil cada um, totalizando aproximadamente US$ 1,9 milhão.

Leia também:  Dupla amarra vítima em veículo roubado e o abandona em zona rural

O suspeito abordado posteriormente estava com um passaporte com registro de diversas passagens recentes pela Bolívia. Ele disse ser fazendeiro em Pontes e Lacerda, região de fronteira, e proprietário de um avião de pequeno porte, com o qual viaja com frequência.               Os suspeitos e todo o material apreendido foram encaminhados à Polícia Federal, em Cuiabá.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.