O analista observa que são atendidos entre 300 e 380 eleitores por dia. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
O analista observa que são atendidos entre 300 e 380 eleitores por dia. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

A procura para revisão do eleitorado nos cartórios eleitorais de Rondonópolis ainda estão baixas. Até o dia 14 de fevereiro do próximo ano as pessoas que votam no município devem atualizar os dados para que não tenha o título cancelado.

O analista judiciário do Cartório Eleitoral, Isaqueu Maia Nascimento, explicou que aproximadamente 25 servidores atendem entre 300 e 380 eleitores que atualizam os dados, contudo eram esperadas 600 pessoas diariamente para que todos sejam atendidos em tempo hábil, sem prejuízo de ter o documento cancelado.

Izaqueu observou que o objetivo da revisão do eleitorado é atualizar o cadastro e apurar a quantidade de pessoas que votam na cidade, tendo em vista que algumas já não residem no município e há o caso das que morreram. Durante o levantamento será feito também o cadastro biométrico dos eleitores.

Leia também:  UCT parabeniza população no 'Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue'

Nascimento reforça que infelizmente muitas pessoas comparecem ao cartório com os documentos pessoais, mas não estão com o comprovante de residência, o que impossibilita o processo de atualização.

Os eleitores que não realizarem a atualização até 14 de fevereiro de 2014 terão o título cancelado e pode não conseguir votar no próximo processo eleitoral, em razão dos prazos para liberação do documento cancelado.

Os cartórios eleitorais estão com atendimento das 7h30 às 17h, de segunda a sexta-feira.

JUSTIFICATIVA ELEITORAL

O analista judiciário reforçou que no próximo dia 25 de abril termina o prazo para o eleitor que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições comparecer ao cartório eleitoral e regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral. A não quitação das multas e justificativa da ausência resultará no cancelamento do documento.

Leia também:  Bazar de roupas, móveis e eletrodomésticos da Casf acontece no sábado

O cancelamento do título de eleitor resulta em uma série de restrições, como o impedimento de concorrer a cargo eletivo, restrição para tirar passaporte, realizar concurso público e se matricular em instituição de ensino público.

MELHORIAS

Com a expectativa de aumentar a quantidade de atendimentos, em razão de que muitas pessoas devem deixar para fazer a atualização na última hora, Isaqueu observou que deve ser providenciado um local onde a capacidade de atendimento seja maior, inclusive com a possibilidade de ampliação do número de servidores no atendimento para revisão do eleitorado com uso da biometria.

Exame biometrico
Atendimento para revisão do eleitorado com uso da biometria. Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Atendimento no cartorio eleitoral

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.