Políciais participantes do curso-Foto: Assesoria
Políciais participantes do curso-Foto: Assesoria

Com o objetivo de propagar a doutrina para um policiamento mais humanizado e próximo da comunidade, a Polícia Militar de Mato Grosso realizou esta semana, o ‘Curso de Promotor de Polícia Comunitária’, com apoio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).  A palestra foi ministrada para 140 alunos participantes do Curso de Formação de Sargentos (CFS).

Os policiais participaram de uma palestra sobre atendimento policial em ocorrências envolvendo mulheres relacionadas às denúncias sobre a ‘Lei Maria da Penha’, “Passamos aqui uma visão mais humanitária, para atender as mulheres vítimas de violência doméstica , em razão de terem sofrido os mais variados tipos de agressão., necessitam de um atendimento especial e diferenciado”, disse a responsável pelo desenvolvimento do assunto,  a defensora pública, Rosana dos Santos Leite, que também é presidente do Conselho da Mulher.

Leia também:  Operação Pirataria 4 | Mais de 850 produtos de marcas falsificadas são apreendidos

A coordenadora de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da PM, Major Rosalina Gomes de Pinho, falou que  “todo o curso terá como base o aprofundamento humanitário e de direitos humanos, buscando a qualificação dos militares, e buscando fortalecer a relação da Polícia Militar com a sociedade de maneira eficiente”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.