PREFEITURAA Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou um levantamento que mostra que Rondonópolis deixará de arrecadar até dezembro R$ 677,2 mil no Fundo de Participação dos Municípios (FPM), devido à prorrogação da desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis.

Mais três cidades de Mato Grosso estão na mesma situação que Rondonópolis que são Cuiabá que perderá R$ 1,7 milhão, Várzea Grande R$ 677,2 mil e Sinop R$ 404,1 mil. Segundo a CNM as perdas em todas as cidades de Mato Grosso, passa da casa dos R$ 16, 8 milhões.

O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é composto por 23,5% das arrecadações de Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) e também do Imposto de Renda (IR), sendo uma das principais fontes de arrecadação para investimentos nas prefeituras.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (02/10/17) em Rondonópolis

As desonerações são para automóveis populares de até 1 mil cilindradas. A alíquota atual do IPI do setor automobilístico está e permanecerá em 2%. A Confederação Nacional calcula que as “perdas” no Fundo de Participação dos Municípios até dezembro, em todo o país, gere um impacto de aproximadamente R$ 2,2 bilhões.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.