Na sessão da Câmara Municipal de quarta-feira (17), o vereador Thiago Muniz (PPS) mudou o seu discurso de que a segurança pública é de responsabilidade do Estado e subiu na Tribuna para defender que o projeto que cria o Gabinete de Apoio a Segurança Pública deveria ser votado em regime de urgência.

Há dias atrás, o mesmo vereador seguia o discurso do prefeito Percival Muniz (PPS) de que o município não deveria arcar com as despesas para melhorar a segurança na cidade, mas bastou o prefeito mudar de opinião para que ele o acompanhasse.

Na sessão do dia 14 de fevereiro (leia aqui), Thiago Muniz (PPS) foi contra a fala dos vereadores que queriam a volta da Semasp dizendo “de que apenas o Estado é responsável em oferecer segurança à população de Rondonópolis. O município já possui uma carga muito grande e que a Segurança deve ser cobrada do governo estadual e federal”, disse.

Leia também:  Marcy responde de forma interina pelo Gcom
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.