Recordista mundial, o jamaicano Usain Bolt venceu o desafio Mano a Mano, na praia de Copacabana, no Rio. O astro completou os 150m em 14seg42 e deixou para trás o antiguano Daniel Bailey (14seg88), o brasileiro Bruno Lins (14seg88) e o equatoriano Alex Quiñónez (15seg90).

A torcida, no entanto, sofreu uma pequena decepção, já que Bolt não conseguiu bater o seu recorde anterior, de 14seg35, registrado em 2009, em Manchester, Inglaterra.

Embora não tenha batido a própria marca, o atleta demonstrou satisfação com o seu desempenho: “Foi minha primeira corrida de velocidade na temporada e não sabia o que esperar. Foi um bom tempo”.

Funk
Bolt observou que estava muito calor, embora também esteja acostumado às altas temperaturas em seu país. E, mesmo com a areia quente, fez questão de tirar as sapatilhas após a prova e as arremessou para o público.

Leia também:  Em competição em Cuiabá, estudantes de Rondonópolis se classificam para Jogos Brasileiros

Bolt deu outra demonstração de simpatia quando se juntou às atletas da prova feminina para dançar ao som de Ah, Lelek! (ou Passinho ao volante, de Mc Federado e os Leleques), sucesso funk que estourou na internet. “Gosto de boa música”, disse o atleta, que já conhecia a canção antes mesmo de chegar ao Rio.

Depois de encerrada a prova, Bolt desfilou com bandeira do Flamengo, que havia sido jogada por um espectador. “Não sabia exatamente o que era. Mas sei que é um grande time aqui do Rio. Foi bom”, disse o torcedor do Manchester United, que, a oito rodadas do fim do Campeonato Inglês, tem vantagem de 15 pontos sobre o vice-líder, o Cit

Leia também:  Judoca brasileira vence adversária com 11 segundos e se torna a bicampeã mundial

o, na praia de Copacabana, no Rio. O astro completou os 150m em 14seg42 e deixou para trás o antiguano Daniel Bailey (14seg88), o brasileiro Bruno Lins (14seg88) e o equatoriano Alex Quiñónez (15seg90).

A torcida, no entanto, sofreu uma pequena decepção, já que Bolt não conseguiu bater o seu recorde anterior, de 14seg35, registrado em 2009, em Manchester, Inglaterra.

Embora não tenha batido a própria marca, o atleta demonstrou satisfação com o seu desempenho: “Foi minha primeira corrida de velocidade na temporada e não sabia o que esperar. Foi um bom tempo”.

Funk
Bolt observou que estava muito calor, embora também esteja acostumado às altas temperaturas em seu país. E, mesmo com a areia quente, fez questão de tirar as sapatilhas após a prova e as arremessou para o público.

Leia também:  Eurico Miranda é afastado da presidência do Vasco por ser acusado de apoiar vandalismo de torcida

Bolt deu outra demonstração de simpatia quando se juntou às atletas da prova feminina para dançar ao som de Ah, Lelek! (ou Passinho ao volante, de Mc Federado e os Leleques), sucesso funk que estourou na internet. “Gosto de boa música”, disse o atleta, que já conhecia a canção antes mesmo de chegar ao Rio.

Depois de encerrada a prova, Bolt desfilou com bandeira do Flamengo, que havia sido jogada por um espectador. “Não sabia exatamente o que era. Mas sei que é um grande time aqui do Rio. Foi bom”, disse o torcedor do Manchester United, que, a oito rodadas do fim do Campeonato Inglês, tem vantagem de 15 pontos sobre o vice-líder, o City.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.