Recordista mundial, o jamaicano Usain Bolt venceu o desafio Mano a Mano, na praia de Copacabana, no Rio. O astro completou os 150m em 14seg42 e deixou para trás o antiguano Daniel Bailey (14seg88), o brasileiro Bruno Lins (14seg88) e o equatoriano Alex Quiñónez (15seg90).

A torcida, no entanto, sofreu uma pequena decepção, já que Bolt não conseguiu bater o seu recorde anterior, de 14seg35, registrado em 2009, em Manchester, Inglaterra.

Embora não tenha batido a própria marca, o atleta demonstrou satisfação com o seu desempenho: “Foi minha primeira corrida de velocidade na temporada e não sabia o que esperar. Foi um bom tempo”.

Funk
Bolt observou que estava muito calor, embora também esteja acostumado às altas temperaturas em seu país. E, mesmo com a areia quente, fez questão de tirar as sapatilhas após a prova e as arremessou para o público.

Leia também:  Com muito esforço Espanha consegue vencer o Irã por 1 a 0

Bolt deu outra demonstração de simpatia quando se juntou às atletas da prova feminina para dançar ao som de Ah, Lelek! (ou Passinho ao volante, de Mc Federado e os Leleques), sucesso funk que estourou na internet. “Gosto de boa música”, disse o atleta, que já conhecia a canção antes mesmo de chegar ao Rio.

Depois de encerrada a prova, Bolt desfilou com bandeira do Flamengo, que havia sido jogada por um espectador. “Não sabia exatamente o que era. Mas sei que é um grande time aqui do Rio. Foi bom”, disse o torcedor do Manchester United, que, a oito rodadas do fim do Campeonato Inglês, tem vantagem de 15 pontos sobre o vice-líder, o Cit

Leia também:  Bélgica estreia na Copa do Mundo com vitória de 3 a 0 em cima do Panamá

o, na praia de Copacabana, no Rio. O astro completou os 150m em 14seg42 e deixou para trás o antiguano Daniel Bailey (14seg88), o brasileiro Bruno Lins (14seg88) e o equatoriano Alex Quiñónez (15seg90).

A torcida, no entanto, sofreu uma pequena decepção, já que Bolt não conseguiu bater o seu recorde anterior, de 14seg35, registrado em 2009, em Manchester, Inglaterra.

Embora não tenha batido a própria marca, o atleta demonstrou satisfação com o seu desempenho: “Foi minha primeira corrida de velocidade na temporada e não sabia o que esperar. Foi um bom tempo”.

Funk
Bolt observou que estava muito calor, embora também esteja acostumado às altas temperaturas em seu país. E, mesmo com a areia quente, fez questão de tirar as sapatilhas após a prova e as arremessou para o público.

Leia também:  Uruguai vence a Rússia por 3 a 0 e se torna líder do Grupo A

Bolt deu outra demonstração de simpatia quando se juntou às atletas da prova feminina para dançar ao som de Ah, Lelek! (ou Passinho ao volante, de Mc Federado e os Leleques), sucesso funk que estourou na internet. “Gosto de boa música”, disse o atleta, que já conhecia a canção antes mesmo de chegar ao Rio.

Depois de encerrada a prova, Bolt desfilou com bandeira do Flamengo, que havia sido jogada por um espectador. “Não sabia exatamente o que era. Mas sei que é um grande time aqui do Rio. Foi bom”, disse o torcedor do Manchester United, que, a oito rodadas do fim do Campeonato Inglês, tem vantagem de 15 pontos sobre o vice-líder, o City.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.