Foto: assessoria
Foto: assessoria

O vereador Thiago Silva (PMDB), protocolou na tarde desta segunda-feira (08), na Câmara Municipal de Vereadores, um requerimento
solicitando a realização de uma audiência pública para debater o tema “Formação Técnica, Qualificação e Capacitação profissional”.

Segundo o vereador Thiago Silva, em razão do crescimento econômico da cidade aliada aos investimentos com a chegada da Ferrovia Vicente Vuolo, a demanda de trabalho aumentou principalmente para as pessoas qualificadas, que ainda são insuficientes diante da expansão econômica a qual vive a cidade.

“É preciso identificar a demanda de mão de obra existente na cidade, assim como a oferta de trabalho no mercado. A audiência pública
proposta visa buscar alternativas que possam oportunizar aos jovens e adultos a qualificação e capacitação profissional, de forma a reduzir o desemprego local como também, amenizar a falta de mão de obra qualificada no mercado”, disse o vereador.

Leia também:  Botelho preocupado com "depressão" de deputados

De acordo com Thiago Silva, durante as discussões da audiência pública será avaliado se os cursos de qualificação e capacitação oferecidos na cidade estão realmente suprimindo e demanda de serviço existente no mercado. Será proposto que as empresas de educação técnica e tecnológica ofereçam cursos que atendem as maiores necessidades das indústrias e empresas instaladas na cidade e as que devem chegar.

“Precisamos que os cursos de qualificação atinjam a população oferecendo capacitação que atenda a demanda que o mercado exige para a contração, com isso, o mercado deixará de importar mão de obra de outras cidades e os que moram em Rondonópolis poderão usufruir do desenvolvimento local”, avaliou o vereador.

Ele explica que a audiência tem como o público alvo às autoridades das três esferas de poderes da cidade, a sociedade local principalmente, representantes do Secitec, Senai, Senac, Senar, Sine, Balcão Municipal de Emprego, IFMT, ACIR, CDL, empresas  privadas de ensino profissionalizantes, representantes dos departamentos de Recursos Humanos das empresas estabelecidas no município, universidade e faculdades instituídas de Rondonópolis.

Leia também:  STF autoriza abertura de inquérito para investigar delação de Silval
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.