O anúncio do pedido de exoneração de Ailton das Neves da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder) e a possibilidade do vereador Carlos Vanzeli (PDT) assumir a autarquia (leia aqui) provocaram várias discussões na Câmara Municipal e na sociedade em geral. Ailton teria dito que estaria deixando a presidência porque não tinha autonomia e que estaria sendo pressionado.

Durante a sua fala na tribuna da Câmara o vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (PMDB), disse que se for para Vanzeli assumir a função, que ele vá preparado para se impor se não as coisas não vão funcionar. “Se não for para tomar as ‘rédeas’ da situação, é melhor que o colega fique aqui mesmo”, diz Fulô.

Leia também:  Não foi dessa vez

Já o apresentador Agnelo Corbelino, em seu programa matinal na rádio 105 FM, colocou a capacidade de Vanzeli em ‘xeque’ devido a possibilidade dele assumir uma função como a de presidente da Coder. “Ailton que tinha experiência no legislativo, já foi secretário e tinha participado do poder público não conseguiu comandar a autarquia, ai fica a pergunta será que Vanzeli que não tem experiência nenhuma nisso vai conseguir?”, diz Agnelo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.