Alexandre Pato, mais uma vez, deixou o lado bom-moço de lado em um confronto com o São Paulo. Depois de marcar o pênalti que definiu a vitória do Corinthians nos pênaltis, o atacante ironizou o goleiro Rogério Ceni ao comentar a sua primeira cobrança, anulada pelo juiz.

“Acho que deve pegar, mas não pegou não. Pegou a bola no fundo do gol para mim”, disse ele ao Sportv, após ter sido questionado sobre uma suposta provocação de Ceni. “Eu estava tranquilo. Ele se adiantou, veio quase na marca do pênalti para pegar a bola. O juiz fez bem”, resumiu Pato.

O lance foi capital. Na última cobrança alvinegra, que encerraria a disputa, Rogério Ceni deu quatro passos e fez a defesa. O árbitro Antônio Rogério do Prado percebeu e mandou a cobrança voltar. Na segunda chance, Pato marcou e definiu a passagem do Corinthians à final do Paulista.

Leia também:  Jogador Edilson "capetinha" é preso por falta de pagamento de pensão

“Quero entrar na história do Corinthians. Vim para ganhar títulos. Hoje passamos para final e quero pegar o Santos e tentar fazer o melhor”, disse o atacante, que na comemoração fez uma “flechada do amor”, como ele mesmo definiu, para a torcida corintiana.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.