Foto da assessoria
Foto da assessoria

O terminal de passageiros do Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco deverá ter sua área ampliada e passará de 1.215 m² para 13.457 m². É o que prevê o projeto feito pelo arquiteto Dionísio Carlos, que o apresentou ao prefeito Percival Muniz, na manhã desta quarta-feira (15), em reunião na prefeitura.

De acordo com Dionísio, o projeto esta dentro do que o município necessita para ter uma nova classificação da Anac, como aeroporto de destino para aviões de pequeno e médio porte, funcional e também com possibilidade de ser ampliado conforme o crescimento do fluxo. O arquiteto expôs que no primeiro piso ficará a praça de alimentação, mini lojas, as companhias aéreas, bem como as estruturas de inspeção e de segurança. Na parte superior será um mezanino e se interligará com a parte inferior por uma escada-rolante e elevadores, ficará reservada para ser, futuramente, exclusivamente, de embarque e desembarque.

Leia também:  Justiça concede liminar contra Lei de estacionamento no Shopping

O secretário de Trânsito e Transporte, Argemiro Ferreira, argumentou que a obra está inserida no programa do governo federal que visa fortalecer e ampliar a malha de aeroportos regionais, que projeta investir R$ 7,3 bilhões na primeira etapa do plano de aviação regional. Serão contemplados neste momento 270 aeroportos regionais, sendo quatro em Mato Grosso, dentre eles o de Rondonópolis.

Após avaliação do desenho o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) será acionado para análise do projeto definitivo e posteriormente realizar a licitação da obra, que está avaliada em R$ 20 milhões e não terá custos para os cofres municipais. Caberá ao Banco do Brasil acompanhar todos os processos de execução da obra e a fiscalização será compartilhada com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

Leia também:  MPE e parceiros realizam 5ª etapa de limpeza do Ribeirão Arareau nesta sexta

OUTRAS MELHORIAS

Além da modernização do terminal de passageiros, o aeroporto municipal já tem assegurado recursos para melhorias na pista de pouso que passará a ter uma extensão de 2,350 metros e alargada de 30m para 45m. A obra esta prevista para ser concluída antes do início da Copa do Mundo de 2014.

O projeto de reforma do aeroporto contempla o aumento do pátio de manobras, instalação de cerca operacional, sinalização vertical e horizontal e ferramentas que possibilitam pouso e decolagem por instrumento.

No local, também será instalado um Raio-X para a vistoria de bagagens de mão e uma esteira para distribuição das bagagens despachadas. Além de um moderno sistema de segurança eletrônica. Com essas mudanças o aeroporto municipal estará apto a receber todos os modelos de aeronaves.

Leia também:  A saga continua | Moradores reclamam da falta de água no Colina Verde e Sagrada Família
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.