Com gols de Robben e Mandzukic, o Bayern de Munique superou um enorme trauma e conquistou a Europa neste sábado. Vice da Liga dos Campeões duas vezes nos últimos três anos, o clube bateu o Borussia Dortmund no Wembley Stadium, em Londres na Inglaterra, por 2 a 1, para se sagrar campeão continental novamente após 12 anos.

Antes de 2012, o Bayern de Munique havia conquistado a Europa pela última vez em 2001. Trata-se do quinto clube da história do clube, que venceu também em 1974, 1975 e 1976. Dois brasileiros estiveram: o zagueiro Dante, que fez pênalti na decisão e quase complicou, e o volante Luis Gustavo, que entrou após o gol que definiu o placar.

Já o Borussia Dortmund havia chegado à decisão da Liga dos Campeões apenas uma vez antes, na qual se sagrou campeão, em 2007.

 

Borussia e Bayern fizeram primeiro tempo de boas chances, grandes atuações dos goleiros e algumas falhas em ambos os lados. O time de Dortmund começou melhor e dominou até os 30min, acuando o rival. O time quase marcou em chutes de Lewandoski aos 14min e 34min, e teve grande chance com Blaszczykowsky, aproveitando cruzamento de Reus. Em todas, Neuer foi bem e desviou para a linha de fundo.

Leia também:  Campeonato de futebol society acontece em zona rural de Rondonópolis

Nervoso, o Bayern quase perdeu Ribery, que foi agarrado por Lewandowski no meio-campo e, irritado, acertou cotovelada no rosto do rival. O árbitro se limitou ao cartão amarelo. Robben, no entanto, foi o atleta que mais chamou a atenção, perdendo duas chances cara a cara com o gol. Na primeira delas, aos 30min, recebeu lançamento, invadiu a área e chutou para fora; na outra, aos 42min, Hummels falhou, mas o atacante foi mal e bateu em cima do goleiro Weidenfeller.

No segundo tempo, o Bayern manteve a pressão e, aos 15min, chegou ao gol. Ribery carregou a bola na intermediária e lançou Robben entre a zaga. O atacante driblou o goleiro pela esquerda e tocou para o meio da área, onde Mandzukic apenas empurrou para o gol vazio. A partida ficou mais nervoso, e em um descuido do time de Munique o empate apareceu.

Leia também:  Eurico Miranda é afastado da presidência do Vasco por ser acusado de apoiar vandalismo de torcida

Aos 23min, Dante errou tempo de bola ao tentar fazer um corte e acertou o estômago de Reus dentro da área, fazendo pênalti. O brasileiro já tinha cartão amarelo, mas o árbitro entendeu que o lance não merecia expulsão. Gundogan cobrou com frieza no canto direito, o oposto escolhido pelo goleiro Neuer, para igualar o marcador. Então, o confronto ficou aberto mais uma vez.

O Bayern perdeu chance incrível logo depois, aos 28min: Muller recebeu lançamento na frente, ganhou na velocidade, driblou Weidenfeller e tocou para o gol; Robben fechava o lance, mas Subotic deu carrinho e foi mais rápido para evitar o gol. A equipe de Munique se manteve no comando da partida, constantemente ameaçando o Borussia Dortmund. A pressão deu resultado já aos 43min: um chutão da defesa caiu nos pés de Ribery, que passou de calcanhar para Robben; o atacante dominou e tocou na saída do goleiro, definindo o título europeu.

Leia também:  Odil Soares é o mais novo Técnico do Luverdense

Ficha técnica

BORUSSIA DORTMUND 1 x 2 BAYERN DE MUNIQUE

Gols

BORUSSIA DORTMUND:
Gündogan, aos 23min do segundo tempo
BAYERN DE MUNIQUE:
Mandzukic, aos 15min do segundo tempo, e Robben, aos 43min

BORUSSIA DORTMUND: Weidenfeller; Piszczek, Subotic, Hummels e Schmelzer; Gündogan e Bender (Sahin); Blaszczykowski (Schieber), Reus, e Grosskreutz; Lewandowski

Técnico: Jurgen Klopp

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer; Lahm, Dante, Boateng e Alaba; Schweinsteiger, e Javi Martínez; Ribéry (Luiz Gustavo), Müller e Robben; Mandzukic (Mario Gomez)

Técnico: Jupp Heynckes

Cartões amarelos

BORUSSIA DORTMUND: Grosskreutz
BAYERN DE MUNIQUE: Dante e Ribery

Árbitro

Nicola Rizzoli (Itália)

Local

Wembley Stadium, em Londres (Inglaterra)

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.