Quem nunca errou, que atire a primeira pedra. É com esse dito popular, essa foi a tese de defesa do site Voz do Apito feita ao árbitro paraguaio, Carlos Amarilla Demarqui. Embora muita gente não se interesse em saber, ele é um dos melhores árbitros do mundo e não a toa é dono de um currículo pra lá de invejável na arbitragem internacional.

Toda a polêmica em volta do seu nome, vem por conta dos inegáveis erros de arbitragem na partida de ontem, entre Corinthians x Boca Jrs, no Pacaembu, em São Paulo. Como o time paulista foi desclassificado da competição após ter empatado o jogo em 1 a 1, a diretoria do clube precisou arrumar um culpado para dar uma resposta aos seus torcedores e pra variar, o árbitro de futebol mais uma vez foi o escolhido.

Leia também:  União pode enfrentar o Vila pela série D do brasileiro

Arrumar um culpado pela derrota de um time é sempre o melhor caminho para que os dirigentes possam tirar o deles da reta. Neste caso, houve de fato erros de arbitragem, porém se o Corinthians tivesse vencido o 1º jogo contra o Boca Jrs na Argentina, a situação poderia ter sido diferente. Mas disso ninguém lembra, já que é mais fácil jogar toda a incompetência do time, em cima do árbitro, o ofendendo, criticando e difamando.

Carlos Amarilla é um homem sério, que até Copa do Mundo já apitou. No Paraguai ele é mais popular do que a própria Seleção do seu país e por conta disso merece ser respeitado. Não se pode medir a carreira de um árbitro, por conta de um jogo. O único culpado pela desclassificação do Corinthians da Libertadores, é o próprio time, que diferente do ano passado quando foi campeão, este ano esteve bem abaixo do esperado em todos os aspectos nas partidas ao qual se apresentou e por isso, de forma merecida, perdeu a chance de levantar novamente o caneco.

Leia também:  Luverdense deixa a zona de rebaixamento
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.