O treinador Cláudio não é mais o técnico do Mixto. Ele foi demitido nesta quarta-feira, após pressão da diretoria do clube que não queria mais contar com ele. O presidente Hélio Machado sempre deixou claro que não gostaria de continuar com Adão para a Série D do Campeonato Brasileiro, mas era voto vencido pelo presidente de honra do clube, Éder Moraes, que paga os salários da comissão técnica. Agora, não é mais.

Adão foi contratado por Moraes durante o Campeonato Mato-grossense, para dar mais visibilidade ao Mixto. Chegou na 10ª rodada com o time na segunda e classificou a equipe em quarto lugar para às semifinais. Eliminou o Luverdense, mas perdeu a final para o Cuiabá, nas cobranças de pênaltis.

Leia também:  Eurico Miranda é afastado da presidência do Vasco por ser acusado de apoiar vandalismo de torcida

Ele deixa o clube após 11 jogos, sendo seis vitórias, quatro empates e duas derrotas. Sua atuação nunca caiu nas graças da torcida e diretoria. A gota d’água no clube foi a insistência em escalar seu filho, o atacante Felipe Adão, como titular e deixar o artilheiro Paulo Henrique no banco.

– Vimos um plantel muito dividido e entendemos que era melhor sua saída. O Éder queria sua permanência, mas não teve como resistir a vontade da diretoria. Nós víamos no time algumas divergências, já que alguns jogadores eram considerados do grupo dele. Vida que segue. Agradecemos ao Cláudio pela sua passagem aqui e desejamos boa sorte em sua carreira- disse Hélio Machado.

Leia também:  Corinthians vence o Fluminense de virada e se torna campeão brasileiro pela sétima vez

Junto com Adão, deixam o clube seu irmão Francisco de Paula Adão e o preparador físico Robson Silva. No elenco, saem o atacante Marclei e o lateral-direito Marcos Bahia, que disputaram o Mato-grossense e o zagueiro Teco, contratado na última semana.

O nome mais forte nos bastidores para substituir Adão é de Luiz Carlos Barbieri, que passou pelo Mixto em 2010.
A estreia na Série D do Campeonato Brasileiro será no dia 01 de junho, contra o Aparecidense-GO, no estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.