O município de Lucas do Rio Verde realiza no dia 17 de maio a 5ª Conferência Municipal das Cidades. O evento, que acontecerá durante todo o dia na Faculdade La Salle, prevê debates com a sociedade sobre habitação, planejamento urbano e ordenamento territorial, mobilidade urbana, trânsito e saneamento.

Entre os processos para a realização desta conferência estão oficinas e reuniões para discutir os temas propostos. O primeiro encontro da comissão preparatória aconteceu nesta semana.

A equipe das oficinas, nomeada pela Portaria nº 529 de 02 de maio de 2013, é composta, de acordo com as regras do Ministério das Cidades, por administradores públicos e legislativos (federais, estaduais municipais e distritais), gestores, representantes de movimentos populares, sindicatos, empresários relacionados à produção e ao financiamento do desenvolvimento econômico, entidades profissionais e acadêmicas, conselhos, entre outros.

Leia também:  Projeto oferece capacitação nos EUA a professores de língua inglesa da educação básica pública

Nesta primeira oficina os participantes trataram sobre habitação, planejamento urbano e ordenamento territorial. Foram apresentados os números de residências já construídas em Lucas do Rio Verde através de programas habitacionais e a projeção para os próximos anos, considerando o fluxo migratório e o crescimento populacional, além do mapeamento de áreas urbanas que poderão vir a se tornar zonas residenciais de interesso social.

A próxima reunião da comissão está marcada para hoje (10). De acordo com o vice-prefeito Miguel Vaz Ribeiro, que lidera a comissão preparatória, a ideia é apresentar as propostas de todas as áreas, identificar os problemas existentes e buscar soluções e alternativas a serem apresentadas e debatidas na conferência.

A 5ª Conferência Municipal das Cidades deve contar com a participação de, no mínimo, 200 pessoas da sociedade em geral, representantes de entidades e organizações, empresários, lideranças municipais, etc. O evento é gratuito e aberto ao público.

Leia também:  Atendimentos do Bombeiros aumenta na fase mais seca da estação
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.