Divulgação
Divulgação

 

Primeiro passo: hidratante labial

“O maior detonador da beleza do batom são os lábios ressecados”, conta Rosman Braz, maquiador do salão de beleza 1838, que fica em São Paulo. “Para reverter o problema, basta usar um hidratante labial, que além de melhorar o ressecamento, vai melhorar o aspecto da boca, evitando que rachaduras e descamação apareçam”, recomenda. Mas lembre-se: aposte num produto específico para a boca, não vale usar o creme de rosto.

Segundo passo: primer labial ou base e pó nos lábios

O primer é um aliado e tanto. “Ele prepara o lábio para o batom, mas não vale passar o primer de pele nos lábios, é preciso usar o produto específico”, explica Marlene Adami. “Ele aumenta a duração do batom, evita aquelas rachaduras comuns nos lábios, e se tiver um hidratante associado na fórmula, dispensa o uso do hidratante labial”.

Para quem não tem o primer, Rosman Braz dá a dica: “Passar base e pó nos lábios, e em seguida o batom, faz praticamente o mesmo efeito: esconde os defeitos e aumenta a duração do batom”. A cor do batom gruda nesses produtos, nem quem esfrega muito o lábio ou passa a língua com frequência fica sem batom, fica sempre um fundo da cor no pó e na base.

Leia também:  Veja o que não comer e beber para ter uma barriga chapada mais rápido

Terceiro passo: a aplicação do batom

O maquiador Rosman Braz recomenda que a aplicação do batom seja feita preferencialmente com pincel. “Quando você faz a aplicação com o pincel, os lábios ficam da cor exata do batom, o que não acontece quando você aplica diretamente com a bala (o bastão) do batom”, conta. O brilho, a cor e a textura ficam, portanto, mais bonitos. Quem prefere fazer a aplicação com o dedo, para um efeito natural, deve saber que essa estratégia não define tão bem os contornos labiais.

Quarto passo: lápis de boca

Esse passo é indispensável para quem já tem linhas de expressão ao redor dos lábios. “O lápis passado no contorno da boca penetra nessas rugas e, além de disfarçá-las, evita que o batom vaze através delas”, explica Marlene. Esta estratégia também é importantíssima para quem não tem lábios com contornos muito definidos. A maquiadora conta que a tendência atual de maquiagem pede que o lápis seja do mesmo tom do batom.

Leia também:  Veja os benefícios da borra de café nos cuidados com a pele | Moda e Beleza

Quinto passo: corretivo para delimitar os lábios

Para quem usa batom de cores fortes, como o vermelho, é quase inevitável que a cor borre um pouquinho, deixando os entornos dos lábios corados. A dica da maquiadora da Maison Payot é passar um cotonete rente aos contornos para limpar a região borrada e, em seguida, um corretivo do mesmo tom da pele e pó compacto claro no contorno dos lábios. O corretivo vai ajudar a deixar os lábios bem marcados e a disfarçar o erro, enquanto o pó compacto vai ajudar a fixar o batom, evitando que ele borre.

Sexto passo: combinar com os olhos

Você está liberado para fazer qualquer mistura entre sombras e batom, mas é importante que você pense sempre na harmonia das cores. Mas para quem tem dúvidas na hora de harmonizar a paleta de cores, a maquiadora Marlene dá as dicas: “Escolha diferentes tons de uma mesma cor, por exemplo, vinho nos lábios com sombras rosadas, ou lembre-se que tons frios na boca combinam com tons frios nos olhos, já as cores quentes nos lábios pedem tons quentes nas pálpebras”.

Leia também:  Quatro sapatos confortáveis para ir a um casamento

Sétimo passo: o retoque

Na hora de retocar o batom não peque pelo excesso, o processo é bastante simples. Basta retirar o excesso de batom com um lenço ou pedaço de papel e reaplicar uma nova camada. Rosnam Braz explica que o lápis para boca é feito a base de cera vegetal, que costuma ser bastante duradoura, portanto você não precisa retocá-lo.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.