O coordenados da Defesa Civil - Foto: assessoria
O coordenados da Defesa Civil – Foto: assessoria

O coordenador da Defesa Civil em Rondonópolis, Erimar Bezerra, anuncia que vai fazer a demolição de cinco casas erguidas em Área de Preservação Permanente –APP, às margens do Córrego Lajeadinho, na divisa dos bairros Três Poderes e Padre Ezequiel Ramin. A ação acontece na manhã desta quinta-feira (9). Ele explica que as famílias que viviam ali já tiveram o cadastro aprovado para obter a moradia no Residencial Padre Miguel, construído para atender quem vive em áreas ribeirinhas e de risco.

Erimar conta que antes de serem contempladas com a moradia do programa do governo federal, essas famílias abandonaram as antigas casas depois de se sentirem ameaçadas com a presença de usuários de drogas e esconderijos de produtos de roubos nas proximidades. Segundo o coordenador, todas elas foram se abrigar em casas de parentes enquanto aguardam a liberação das unidades.

Leia também:  Policlínica organiza ações de saúde em horário extra para atender população da Vila Operária

Depois de fazer a demolição das casas, Erimar anuncia que vai investir no cercamento das áreas para evitar que outras pessoas voltem a ocupar o espaço que é de preservação permanente. Ele vai utilizar madeira de apreensão que foi doado à Secretaria de Meio Ambiente – Semma e realizar a obra com a parceria da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder).

Erimar Bezerra anuncia que além das 160 famílias que vão ser contempladas no Residencial Padre Miguel e outras 200 que vivem às margens do Córrego Piscina e vão ganhar moradia no Residencial Dona Fiúca, outros 25 ribeirinhos vão receber a moradia no Residencial Dom Osório e 8 no Residencial João Antônio Fagundes.

Leia também:  Carnaval ainda é problema para promotor de eventos e prestadores de serviço
Advertisements
COMPARTILHAR
Artigo anteriorConfira o resultado da semana
Próximo artigoBatata à Milanesa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.