A  noite de sábado (04) pode ser comparada uma fração de uma guerra civil onde cinco pessoas ficaram feridas e um jovem de 17 anos acabou morto por disparos de arma de fogo.

Marcos Vinícius Paulino da Cruz (17) foi morto na porta de uma residência, na Av. Bandeirantes próximo à antiga Rondisbel, onde estava com a namorada, que não foi identificada pela Polícia Militar e fugiu do local após ter sido atingida de raspão na perna.

Segundo testemunhas dois homens em uma moto, dispararam, seis vezes contra o rapaz. De acordo com o perito da Politec em exame preliminar, dois tiros atingiram a cabeça de Marcos Vinícius e outro projétil acertou o braço esquerdo. A casa que pertence ao ex-secretário de administração da gestão de José Carlos do Pátio, Gérson de Oliveira, foi atingido no ombro e encaminhado ao Hospital Regional para extração da bala que ficou alojada em seu corpo.

Leia também:  Prazer fatal | Homem morre dentro de quarto de motel em Rondonópolis

PASSIONAL

Segundo informações de testemunhas o crime pode ter como componente principal o ciúmes, já que a namorada de Marcos Vinícius acabará um relacionamento com um jovem identificado apenas como Maicon, que inconformado com o fim do relacionamento e o novo caso amoroso da jovem teria jurado de morte a vítima. A disputa pela jovem virou ficou mais intensa quando Marcos Vinícius revidou as ameaças dizendo que mataria o ex de sua namorada.

TIROS NO BUTECO

Francisco Alves de Jesus Pereira (23), foi vítima de uma tentativa de homicídio por volta das 20 horas na Vila Boa Esperança, segundo o relato de uma testemunha, ouviram-se disparos e logo após percebeu-se que Francisco havia sido atingido e estava caído ao chão.

Leia também:  Homem é morto com 2 facadas ao flagrar sua mulher com amante em MT

Amigos que estavam no estabelecimento socorreram a vítima e o conduziram para a Santa Casa de Misericórdia onde foi atendido por uma equipe médica. Avisados do fato, policiais militares se deslocaram até a unidade de saúde para colher mais informações, mas, Francisco não soube informar quais foram os motivos e sequer quem havia disparado contra ele.

FACADAS DO TRÁFICO

Carlos Roberto Souza Amorim (27) foi a quinta vítima da noite de guerra em Rondonópolis, desta vez a motivação pode ter dívidas de Carlos Roberto com traficantes, já que em seu relato aos policiais militares que atenderam a ocorrência, ele teria sido esfaqueado no pé e no olho pelo marido de uma traficante conhecida por Luciane.

Leia também:  Jovem de 14 anos desaparece após ser vista entrando em carro em MT

Carlos ainda informou que sabia qual foi o motivo do ataque da tentativa de homicídio e não há no Boletim de Ocorrências relatos de posse de drogas.

A “MARVADA” PINGA

No Jardim Urupês, Elias Araújo Barros da Silva (27), em visível estado de embriaguez, sem motivo aparente, atacou com golpes de peixeira, Rafael Silva Souza (24).

Amigos de Rafael acionaram a Polícia Militar pelo telefone, ao chegar no local, a guarnição já encontrou Elias detido pelos amigos do ferido, que foi encaminhado para o Pronto Atendimento do Município.

Elias foi preso em flagrante e irá responder na justiça pelo ato insano cometido contra Rafael.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.