O Projeto de Lei tem como finalidade oferece experiência profissional para que os jovens possam ser inseridos no mercado de trabalho. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
O Projeto de Lei tem como finalidade oferece experiência profissional para que os jovens possam ser inseridos no mercado de trabalho. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

O Projeto de Lei, “Meu Primeiro Emprego”, que tramita na Câmara Municipal de Rondonópolis, foi debatido na manhã desta quinta-feira (16) entres alunos da Escola Estadual Major Otávio Pitaluga (EEMOP) e o vereador Thiago Silva (PMDB), autor da proposta.

O parlamentar argumentou que um dos grandes entraves para contratação dos jovens é a experiência exigida pelas empresas, mesmo para os candidatos possuam alguma qualificação ou curso técnico.

Com o objetivo solucionar o problema Thiago apresentou o projeto onde estabelece que toda empresa que se instalar em Rondonópolis e que receba incentivo fiscal, num prazo de três anos após iniciar as atividades terá que reservar de 10% a 20% das vagas de emprego para os jovens que se cadastrarem no programa.

Leia também:  Acusado de matar ex-mulher é preso em Poconé

Thiago observou que em Rondonópolis os jovens com idade entre 16 e 25 anos representam cerca de 15% dos desempregados no município, conforme dados do IBGE no senso de 2010, e precisam de uma oportunidade de serem inseridos no mercado de trabalho.

Durante o debate os estudantes apontaram sugestões que devem se tornar emendas no projeto. O vereador afirmou que antes da proposta ser votada na Câmara Municipal, outras escolas e instituições de ensino técnico serão visitadas para haja uma participação mais efetiva da sociedade na criação do Projeto de Lei.

Acaso aprovada a execução e encaminhamentos da Proposta será gerida pela Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social.

Leia também:  Após roubo a duas fazendas quadrilha é presa
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.