Será realizado nesta sexta-feira (10), às 9h, na Secretaria de Estado e Desenvolvimento do Turismo (Sedtur), o lançamento do projeto ‘Abrace Mato Grosso’ que consiste em desenvolver um trabalho de intercâmbio turístico, cultural e comercial, entre Mato Grosso e alguns países da America do Sul, através de uma equipe multidisciplinar que tem como objetivo mostrar as potencialidades do Estado.

A equipe denominada de ‘Caravana Móvel’ irá percorrer cerca de 13 mil quilômetros de 9 a 28 de maio pela interoceânica, passando por capitais e cidades dos países do Peru, Bolívia, Argentina e Chile, além do roteiro interno pelas cidades de Porto Velho, Rio Branco, Cascavel, Ponta Grossa, Curitiba e Campo Grande.

Leia também:  Serviços de cidadania serão oferecidos por três dias em Barra do Garças

A coordenadora do projeto, professora Jacy Proença, explica que a iniciativa nasceu da necessidade de mostras as belezas de Mato Grosso e com isso promover a integração das atividades turísticas, comerciais, culturais com foco nos povos da América do Sul, agregando assim, um maior valor ao Estado junto aos países de língua espanhola, voltados para o Mundial de 2014 e diversificar os produtos turísticos que Mato Grosso tem a oferecer.

“Na eminência da realização de um dos mais importantes eventos esportivos mundiais, a Copa do Mundo 2014, Mato Grosso – Cuiabá cumprirá o papel institucional, enquanto uma das cidades-sedes em promover e colaborar para o desenvolvimento da produção associada ao turismo, incentivando a criação de um ambiente interativo e na oferta de novos produtos turísticos já que o Estado possui atrativos naturais em abundância”, comenta ela.

Leia também:  Primeiro mês registra queda de 43% no número de focos de calor

Além da divulgação nos países, Jacy destaca as inserções diárias nas mídias locais, conscientizando empreendedores, gestores, e produtores locais, na divulgação e promoção de Mato Grosso. “A meta é explorar o Estado enquanto negócio rentável com destinos conhecidos e atraentes, e na outra ponta, o turismo passa a ser uma possibilidade real de ampliação dos canais de comercialização dos produtos de artistas, artesãos, trade, restaurante, pousada, dentre outros”, argumenta Jacy Proença.

Nas referidas localidades serão realizados levantamentos de dados de meios de hospedagens, bares e restaurantes, guias e roteiros, além de criar um banco de imagem que será distribuído para todo trade para serem utilizados em material promocional, mapas, dentre outros.

Leia também:  Cinco hospitais filantrópicos devem receber ajuda emergencial do governo de MT

O projeto conta com apoio da Secretária Extraordinária da Copa – Secopa, Secretária de Estado e Desenvolvimento do Turismo – Sedtur, Assembleia Legislativa, Câmara de Cuiabá e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Várzea Grande.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.