De janeiro a abril, os brasileiros deixaram no exterior US$ 8,137 bilhões, contra US$ 7,189 bilhões, em igual período de 2012. Foto ilustrativa
De janeiro a abril, os brasileiros deixaram no exterior US$ 8,137 bilhões, contra US$ 7,189 bilhões, em igual período de 2012. Foto ilustrativa

Os gastos de brasileiros em viagem ao exterior chegaram a US$ 2,116 bilhões, em abril, o maior resultado para o mês na série histórica do Banco Central (BC), iniciada em 1969. No mesmo mês do ano passado, essas despesas ficaram em US$ 1,809 bilhão.

De janeiro a abril, os brasileiros deixaram no exterior US$ 8,137 bilhões, contra US$ 7,189 bilhões, em igual período de 2012.

Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, o crescimento dos gastos de brasileiros no exterior é explicado pelo aumento da renda, por meio do aumento do emprego e do salário real. Além disso, ele citou que “surgem oportunidades” de viagens para países em que “o crescimento não mostra maior dinamismo”.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (19/06/17) em Rondonópolis

Neste mês, segundo Maciel, a tendência de ampliação das despesas é mantida. Em maio, até o dia 20, as despesas de viagens internacionais ficaram em US$ 1,398 bilhão.

Os estrangeiros em viagem ao Brasil geraram receitas de US$ 583 milhões, em abril, contra US$ 557 milhões no mesmo mês de 2012. Nos quatro meses do ano, foram registrados US$ 2,5 bilhões, resultado praticamente estável em relação ao primeiro quadrimestre do ano passado (US$ 2,477 bilhões). Em maio, até o dia 20, as receitas de estrangeiros no Brasil ficaram em US$ 333 milhões.

Com esses resultados, o saldo da conta de viagens internacionais fechou abril negativo em US$ 1,533 bilhão. Nos quatro meses, o déficit ficou em US$ 5,637 bilhões.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (14/08/17) em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.