A ginasta Tamires Veiga, de 13 anos, conquistou quatro medalhas durante a Alexander Dityatin Cup, realizada na Rússia. A atleta foi ouro na trave, prata no individual geral e bronze no solo e salto, nas provas da categoria juvenil.

“Fiquei surpresa com tantas medalhas, esperava subir ao pódio, mas não tantas vezes. Fico feliz com isso, pois assim sei que meus treinos estão dando resultados”, disse a ginasta, que treina no Cegin-PR e é pertencente ao movimento LiveWright, que deseja preparar campeões no esporte.

No individual geral, tamires somou 51.355 pontos. O melhor desempenho na competição foi da russa Elena Eremina (53.800). A outra brasileira na prova, Raquel Silva, ficou em 10º lugar com 49.100 pontos.

Leia também:  MT fatura ouro e prata na luta olímpica dos Jogos Escolares

Tamires foi ouro na trave com a nota 13.325, enquanto a brasileira Raquel Silva ficou em quarto (12.050).

No salto sobre o cavalo, Tamires ficou com o bronze com a nota 13.288, enquanto o ouro ficou com a ucraniana Anastasiya Ilnytska. Raquel Silva foi a quinta com 11.750.

Tamires foi bronze no solo, com 13.200 de pontuação. O ouro ficou com a russa Elona Batalova (13.750) e prata para a ucraniana Anastasiya Ilnytska (13.300). Raquel Silva foi a sétima, com 12.500. Tamires Veiga ainda ficou na quarta colocação na paralela no evento russo.

O Brasil também subiu ao pódio na categoria adulta com Mariana Valentin, que ficou com o bronze no solo com 10.625 pontos. Ao todo foram cinco medalhas no evento, um dos mais fortes da temporada e que contou com a participação de 17 países.

Leia também:  José Aldo terá a revanche pelo cinturão contra o atual campeão Max Holloway
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.