O governador de Mato Grosso Silval Barbosa autorizou nesta quarta-feira (22) a realização do concurso público para professores da Universidade do Estado de Mato Grosso. Serão ofertadas 169 vagas para todas as áreas de conhecimento. A autorização foi assinada também pelo reitor da Unemat, professor Adriano Silva em audiência no Palácio Paiaguás.

“Esse é mais um passo importante do governo do Estado na consolidação da nossa universidade estadual. Depois da mensagem do Executivo que foi aprovado pela unanimidade dos deputados estaduais vinculando o orçamento da Unemat ao orçamento do Estado, agora estamos avançando na melhoria do ensino, pesquisa e extensão garantindo um corpo docente efetivo. Esses são avanços significativos e vão garantir um salto na qualidade do atendimento prestado pela Unemat aos mais de 16 mil acadêmicos”, diz Adriano Silva.

Leia também:  Final de semana em Cuiabá tem peças de teatro, filmes e exposições

Após a autorização do governo estadual o próximo passo é a finalização do edital com a previsão das datas e a publicação do mesmo. A expectativa da Unemat é que o edital seja publicado ainda no mês de junho, para que o concurso ocorra nos próximos meses.

As vagas serão para atender todas as áreas de conhecimento. O vice-reitor da Unemat, Dionei José da Silva, lembra que alguns cursos da Unemat que foram implantados há quase oito anos ainda não possuem um quadro efetivo de professores, e com o concurso público essa demanda será atendida.

O reitor lembra que a autorização do concurso público já é um dos efeitos da emenda constitucional. “Agora temos um orçamento que podemos administrar e planejar nossas ações, pois temos a garantia de recursos e por isso podemos realizar ações que vão impactar positivamente todas as áreas da Unemat”, finaliza Adriano.

Leia também:  Livro traz ampla discussão sobre sustentabilidade no manejo florestal

Na audiência pública também participaram o secretário de Administração do Estado, Francisco Faiad, a pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, Áurea Regina Ignácio e os diretores político-financeiro e pedagógico dos campi de Pontes e Lacerda e Juara, professores Osvaldo Martins de Souza e Lisanil da Conceição Patrocínio Pereira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.