Os Bombeiros resgataram na manhã deste domingo (19) o corpo do estudante de educação física Bruno Ugolini Zanluchi, de 18 anos anos de idade, que morreu por afogamento no Rio Teles Pires durante a tarde do último sábado (18) numa fazenda próxima a Sinop, a 503 km de Cuiabá, onde se divertia com dois amigos.

O rapaz estudava numa faculdade em Sinop e treinava como jogador da categoria de base da equipe local Sinop Futebol Clube, segundo confirmou o técnico da equipe sub-19 do clube, Renato Gonçalves.

“Era um garoto exemplar na escolinha. Tinha o sonho de fazer faculdade paralela ao futebol. Não teve oportunidade de atuar com o Sinop, mas participou do treinamento do grupo desse ano que disputou o Campeonato Mato-grossense como volante. Tínhamos um relacionamento tranquilo, agradável. Agora fica a tristeza da direção, principalmente da base do Sinop, em relação ao ocorrido com o garoto”, declarou o técnico.

Leia também:  Filho de Romário é contratado para reforço em 2018 no Figueirense

De acordo com o Sargento Ribas, do Corpo de Bombeiros, o rapaz se afogou por volta das 14h num ponto do rio localizado numa fazenda da rodovia estadual MT-220. Após os amigos darem pela falta dele, as buscas iniciaram ainda no sábado e foram suspensas ao anoitecer.

Os mergulhadores retornaram ao rio na manhã deste sábado e levaram cerca de uma hora e meia para localizar o corpo de Bruno entre pedras e a uma profundidade de aproximadamente 10 metros da superfície. Ele estava a cerca de 15 metros do ponto onde foi visto pela última vez. O corpo foi encaminhado para perícia.

Em dezembro do ano passado, Sinop perdeu também o maior ídolo da história do clube. Marcelinho Boiadeiro morreu em acidente de carro no Pará.

Leia também:  Campeonato de futebol society acontece em zona rural de Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.