O irmão da vítima que esteve no local do crime relatou que Eduardo já tinha passagem pela policia-Foto:AGORA MT
O irmão da vítima que esteve no local do crime relatou que Eduardo já tinha passagem pela policia-Foto:AGORA MT

O  jovem Eduardo Gomes da Silva, 22 anos, foi morto a tiros quando passava pela Rua Abacateiros no Residencial Buriti em Primavera do Leste. O  crime aconteceu no inicio da tarde desta quinta-feira (30) em pleno feriadão.

De acordo com as informações de um amigo da vítima, um menor de 17 anos, dois homens em uma motocicleta se aproximaram do local, onde eles estavam com outro amigo, e os abordaram. Cerca de seis tiros foram efetuados, sendo eles dois contra o menor que não foi atingido. O outro jovem conseguiu escapar correndo do local.

A vítima   que conseguiu escapar dos tiros voltou ao local e prestou depoimento a Policia Militar e  Civil, ele chegou a relatar que Eduardo teria dito que sabia  que iriam tentar mata-lo a qualquer hora. Antes de morrer Eduardo teria  informado ao colega que além dele, outro nome também estaria na suposta  lista para morrer.

Leia também:  Quadrilha que roubava veículos e trocava por drogas é desarticula em Mato Grosso

Os três, segundo uma das  vítimas, estavam indo ao  Bairro Primavera III para pegar maconha para uso próprio

O irmão da vítima que esteve no local do crime relatou que Eduardo já tinha passagem pela policia. Ele era acusado de matar o cabo PM Adremilson Kennedy da Silva, 28 anos, o crime aconteceu na madrugada do dia  17/08/11. O PM  foi morto com pelo menos dois tiros de revólver em uma rua lateral ao cemitério municipal de Primavera do Leste.
O cabo Kennedy, como era conhecido, foi encontrado já sem vida, caído  sobre a motocicleta que pilotava e com o capacete caído ao lado do corpo. De acordo com a perícia técnica havia pelo menos duas perfurações de bala de revólver, uma na nuca e outra nas costas. Na época Eduardo chegou a negar o crime. Ele foi  preso mas  depois foi liberado.

Leia também:  Mulher é presa e menor grávida apreendida por tráfico de drogas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.