A perícia prefere não adiantar nada sobre o caso, para evitar especulações, e irão se pronunciar oficialmente-Foto: Arquivo
A perícia prefere não adiantar nada sobre o caso, para evitar especulações, e irão se pronunciar oficialmente-Foto: Arquivo

O laudo com a possível causa da morte do desportista Valdir Cuiabano pode sair no fim da próxima semana. De acordo com o coordenador da Politec, Geraldo Rambo, esta é uma possibilidade devido a grande repercussão do caso, porém dependerá muito do trabalho dos legistas.

Ele afirmou que o prazo é de 30 dias, mas os peritos estão empenhados no trabalho de conclusão dos laudos. Eles preferem não adiantar nada sobre o caso, para evitar especulações, e irão se pronunciar oficialmente.

No último dia 13 de maio, Valdir completou 70 anos e a família ainda procurava por notícias do jogador de futebol que amava o esporte e a convivência com jovens.

Durante 25 dias a família fez uma intensa campanha nas redes sociais e chegou a colar cartazes com a foto de Cuiabano na busca por informações.

Leia também:  Suspeito usa carro de amigo para comprar drogas e capota

O desportista teve uma história brilhante no esporte de Rondonópolis, onde trabalhou ajudando a equipe União e Vila Aurora. Por último sendo o presidente da liga esportiva de futsal e futebol society do município.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.