fim de semana de Felipe Massa teve um péssimo início. Após sofrer uma forte batida durante o terceiro treino livre para o GP de Mônaco, o piloto brasileiro não conseguiu participar do classificatório neste sábado e larga na última posição. Nico Rosberg comandou a dobradinha da Mercedes e sai na pole position pela terceira vez consecutiva.

Massa começou o sábado de forma complicada. Durante o terceiro treino livre, o brasileiro perdeu o controle de sua Ferrari na entrada da Saint-Dévote e bateu forte no muro de proteção. Os mecânicos da equipe italiana precisaram correr para tentar arrumar o carro e permitir ao piloto participar do treino de classificação.

Como houve a necessidade de troca do câmbio em seu carro, Massa foi punido com a perda de cinco posições no grid caso entrasse na pista. Apesar do trabalho intenso realizado pela Ferrari, o carro do brasileiro não ficou pronto a tempo. Por isso, o piloto larga na última posição do grid.

Os mecânicos da Lotus também tiveram trabalho nos boxes para colocar o carro de Romain Grosjean na pista. O piloto francês bateu durante os treinos livres. Ao contrário de Massa, ele teve mais sorte e larga em 13º.

Ao contrário de quinta-feira, quando o sol apareceu nos treinos livres, uma chuva leve deu as caras no treino de classificação. Logo no início do Q1, Jules Bianchi viu o motor de sua Marussia deixá-lo na mão. A grande surpresa foi Giedo van der Gaarde, que levou sua Caterham para o Q2.

No Q3, a Mercedes provou mais uma vez sua força nos treinos. Apesar da forte pressão de Vettel e Webber, Rosberg conseguiu cravar o tempo de 1min13s876 e larga em primeiro pela terceira corrida seguida. Ele já havia feito a pole nos GPs do Bahrein e da Espanha. Assim como no circuito de Barcelona, o alemão terá a companhia de Lewis Hamilton na primeira fila.

A Red Bull também teve um desempenho muito bom e brigou até os segundos finais pela pole position. Vettel levou a melhor sobre Webber e sai em terceiro. Vice-líder do Mundial, Kimi Räikkönen levou sua Lotus ao quinto lugar no grid, logo à frente da Ferrari de Fernando Alonso.

A largada do GP de Mônaco será neste domingo às 9h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da Globo e acompanhamento do Placar UOL Esporte.

Aconteceu de (quase) tudo no sábado em Mônaco. Batida, chuva, corre-corre nos boxes. Houve até ameaça de zebra. Mas não, isso não aconteceu: deu a lógica desenhada desde quinta. LEIA MAIS
O treino de classificação da F1 em Mônaco não trouxe surpresas. Mercedes na primeira fila, com pole de Nico Rosberg e segunda posição de Lewis Hamilton. Surpresa, mesmo, a não participação neste treino do Felipe Massa. LEIA MAIS

Veja o grid de largada para o GP de Mônaco:

1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min13s876
2. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min13s967
3. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – 1min13s980
4. Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1min14s181
5. Kimi Räikkönen (FIN/Lotus) – 1min14s822
6. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1min14s824
7. Sergio Pérez (MEX/McLaren) – 1min15s138
8. Adrian Sutil (ALE/Force India) – 1min15s383
9. Jenson Button (ING/McLaren) – 1min15s647
10. Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso) – 1min15s703
11. Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) – 1min18s331
12. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) – 1min18s344
13. Romain Grosjean (FRA/Lotus) – 1min18s603
14. Valtteri Bottas (FIN/Williiams) – 1min19s077
15. Giedo van der Gaarde (HOL/Caterham) – 1min19s408
16. Pastor Maldonado (VEN/Williams) – 1min21s688
17. Paul di Resta (ESC/Force India) – 1min26s322
18. Charles Pic (FRA/Caterham) – 1min26s633
19. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) – 1min26s917
20. Max Chilton (ING/Marussia) – 1min27s303
21. Jules Bianchi (FRA/Marussia) – sem tempo no Q1
22. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – sem tempo no Q1.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.