Ruas intransitáveis, lixo no campo, mato alto em terrenos baldios e casas abandonadas é algumas das reclamações dos moradores do bairro Pe. João Bosco Burnier.

Segundo Maria Aparecida, presidente do bairro,  este ano a prefeitura não deu nenhum respaldo para a região. “Agente manda ofício espera, nada acontece. Peço que o poder público olhe pelo nosso bairro, agente precisa ser amparado”, completou.

Maria Aparecida entrou em contato com a redação do AGORAMT, para participar da série “AGORA MT no bairro”. Você que tem alguma sugestão mande seu e-mail para o [email protected], o próximo pode ser o seu bairro.

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ex5jopghNaE&list=UUCUete_T6eFKbuUNfvFx40A&index=3[/youtube]

 

OUTRO LADO
De acordo com Ailton das Neves, presidente da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), os maquinários esperados já chegaram e eles estão se programando para atender os bairros, principalmente dos de periferia. “Não posso dar prazo porque pode quebrar alguma maquina, mas o quanto antes estaremos atendendo a região”, finalizou Ailton.

Leia também:  Secretaria de Habitação realiza ações para retomar as obras do Celina Bezerra
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.