alfredo de castro
Abordagem feita durante ação da PM – Foto: Míriam Trento/ AGORA MT

A Polícia Militar de Rondonópolis iniciou mais uma ‘ocupação’ na manhã desta sexta-feira (17), desta vez na região do Alfredo de Castro, em Rondonópolis.  A operação que teve início por volta das 8h segue até na semana que vem para que seja implantado o Programa de Polícia Interativa (PPI).

O capitão Cândido da Força Tática, informou que neste primeiro momento será feito apenas operações repressivas através dos grupos especiais da PM e só depois se dará início ao PPI. Esse projeto começou em 2013 e esse é o 4º bairro a receber a ação da PM.

ATUALIZAÇÃO

– 09H25

O resultado da operação já começa a aparecer, em menos de uma hora de seu início Thiago Cibelix, 24 anos, vulgo “Xaropinho” foi preso no Acampamento Conquista.

Leia também:  Cinco pessoas da mesma família morrem após colisão entre carro e caminhão na BR-364

Segundo o capitão da Força Tática, Cândido, um dos objetivos da operação era prender “Xaropinho”, já que ele aterrorizava os moradores do local com o intuito de tomar a terra para poder revender para outras pessoas.

O capitão contou que o suspeito chegou a fazer disparos na semana passada para ameaçar os moradores do Acampamento.

Cerca de 60 policiais fortemente armados estão na região bairro Alfredo de Castro, além dos carros e das motos, um micro-ônibus foi utilizado para transportar os policiais.

A PM está fazendo um “pente fino” pela região, os policiais estão passando por todas as ruas e entrando nas casas dos moradores.

10h53

Mais três pessoas foram presas em um dos barracos na região o Alfredo de Castro. No local foram encontradas também três espingardas (uma 5.5, outra de cano 22 e uma de cano cerrado), dinheiro e uma cartilha de código universal.

Leia também:  Vítima é abordada e tem casa roubada no Residencial Buriti

Entre os presos estavam Abraão de Souza Nascimento, Janaína Ramos da Silva, 20 anos, e um rapaz identificado apenas por Ezequiel. Glauber Lucas de Lima Silva, 21 anos, que estava chegando no barraco empurrando uma moto Titan prata, conseguiu fugir do local.

Os quatro são suspeitos de terem participado de vários roubos na cidade, inclusive um que aconteceu na manhã desta sexta-feira (17) por volta das 7h, a um mercado no Jardim Paulista.

O capitão explicou que Glauber e Abraão são os suspeitos do roubo, já que a moto que estava com um deles foi usada para praticar o crime. Para Cândido o grupo pode estar envolvido em vários outros crimes como no assalto que ocorreu na quarta-feira (15) em um posto de gasolina na região do Atlântico e outro que aconteceu na Vila Operária. Janaína que é mulher de Glauber é acusada de roubar uma residência no Jardim Iguassu.

Leia também:  Policial militar tem carro furtado em Rondonópolis

Em relação à cartilha encontrada e que é utilizada apenas pelos oficiais, Cândido conta que eles poderiam estar usando para poder descobrir as ações da polícia. Os rapazes presos alegaram que a cartilha pertencia a Janaína porque ela estaria fazendo um curso para viação.

Todos os presos foram levados para o Cisc para que as vítimas possam fazer o reconhecimento.

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gYSGmusQcv4[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.