O que era para ser mais um grande imbróglio da administração municipal vai acabar se tornando mais uma piadinha nas rodas de conversa política, tudo porque, depois de anunciado o resultado dos aprovados no teste seletivo para a Secretaria Municipal de Saúde houve a determinação para o cancelamento imediato da contratação dos aprovados.

Acontece que em menos de 24 horas após a determinação de anulação do teste e por consequência a não convocação dos aprovados, o prefeito Percival Muniz (sem partido), pressionado pelos vereadores e durante uma reunião de emergência em sua casa voltou a trás e decidiu manter a convocação dos aprovados.

Segundo fontes da Coluna Bastidores, a ideia inicial de Percival era cancelar a convocação e dentro de 90 dias iniciar as inscrições para o concurso público.

Leia também:  Percival e mais três deputados de antiga legislatura não são delatados
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.