O temporal que atingiu o município do Rio de Janeiro na manhã de hoje (6) ocasionou a queda na transmissão de energia em diversos pontos da cidade e deixou 53 escolas fechadas e nove tiveram funcionamento parcial, segundo informações da Secretaria Municipal de Educação. As rajadas de vento, que atingiram 93 quilômetros por hora, provocaram transtornos no trânsito, mau funcionamento de sinais, interdições nas vias públicas e a morte de um motorista de van devido à queda de uma árvore.

Em nota, a Light, concessionária responsável pela distribuição de energia no Rio, disse que normalizou o fornecimento de luz em alguns trechos dos seguintes bairros: Campo Grande, Bangu, Jacarepaguá, Barra da Tijuca, Jardim Botânico, Gávea, Laranjeiras, Botafogo, Tijuca, Méier, Pavuna, Irajá, Guadalupe, Olaria e Penha. A energia foi restabelecida ainda em trechos de bairros dos municípios de Nova Iguaçu, São João de Meriti, Belford Roxo, Mesquita, Queimados e Duque de Caxias.

Leia também:  Criminoso morre após cair de apartamento do 3° andar que tentava invadir

Segundo a concessionária, houve aumento no número de equipes de emergência fazendo serviços nos bairros com ocorrências. “ Técnicos continuam trabalhando de forma ininterrupta nessas localidades para restabelecer totalmente a energia o mais rápido possível. Para restabelecer o fornecimento, é necessário um trabalho complexo de isolamento da área afetada, retirada de objetos sobre a fiação e reconstituição da rede elétrica”, informou a Light.

De acordo com o Centro de Operações da prefeitura, o município retornou ao estágio de vigilância a partir das 14h05 devido ao afastamento da parte mais ativa da frente fria que atuava sobre a cidade. O estágio de vigilância representa o primeiro de uma escala de quatro níveis , com ausência de chuva ou previsão de chuva fraca nas próximas horas. O município entrou em estágio de atenção (segundo nível) às 6h05, que significa a possibilidade de chuva moderada e ocasionalmente forte nas próximas horas. Os dois níveis restantes são estágio de alerta (terceiro nível) e de alerta máximo (quarto nível).

Leia também:  Sanfoneiro de dupla sertaneja é morto a facadas após tentar separar briga de casal
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.