Os jogadores da seleção brasileira não tiveram moleza no primeiro treinamento de preparação para a Copa das Confederações. Mesmo com o grupo incompleto – 16 dos 23 se apresentaram na última terça-feira -, Felipão comandou um treino técnico e também de cruzamentos e finalizações.

No começo da atividade, o preparador físico Paulo Paixão foi quem coordenou. Depois de meia hora de trabalho, os jogadores foram divididos em dois grupos de oito e realizaram um treinamento em campo reduzido, podendo cada um dar apenas dois toques na bola.

De colete vermelho estava o time do goleiro Julio César, com Daniel Alves, Thiago Silva, Filipe Luís, Fernando, Jadson, Oscar e Hulk. De branco, a equipe do goleiro Jefferson, com Lucas, David Luiz, Marcelo, Paulinho, Hernanes, Neymar e Damião. Depois disso, Hernanes e Filipe Luís correram separados do grupo.

Leia também:  Jogador Edilson "capetinha" é preso por falta de pagamento de pensão

Os demais atletas participaram de um treinamento de cruzamento e finalização. Julio César e Jefferson se revezavam no gol para defender os chutes de Neymar e cia. O craque do Barcelona, aliás, foi a estrela do treinamento. Dezenas de fãs gritaram sem parar o seu nome na Escola de Educação Física do Exército.

Nesta quinta-feira, mais três jogadores se apresentam à seleção brasileira. São eles o goleiro Diego Cavalieri, o volante Jean e o atacante Fred, que disputam as quartas de final da Libertadores com o Fluminense. Pelo mesmo motivo, mas por defenderem o Atlético-MG, se apresentam na sexta Bernard e Réver.

O zagueiro Dante e o volante Luiz Gustavo, do Bayern de Munique, ainda não sabem quando (e se) chegam à seleção brasileira. O time alemão os quer para a final da Copa da Alemanha. Mas a CBF avisou que só espera até sábado, dia da decisão. Caso contrário eles seriam sacados da Copa das Confederações.

Leia também:  Futebol em luto: morre Gilson Lira
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.