A passeata marcou o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
A passeata marcou o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Alunos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), tomaram as ruas do quadrilátero central de Rondonópolis, na manhã desta quarta-feira (12), em comemoração ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

Antes da passeata foi realizada na Praça Brasil várias apresentações de trabalhos realizados no PETI que atende cerca de 1.100 crianças nas unidades urbanas e  em uma rural, onde é oferecido aulas de dança, música, teatro além de acompanhamento com psicólogo, assistente social e pedagogo.

O coordenador do Peti, Leirson Fernando, destacou além de convidar outras crianças a participarem do programa que a ação tem como objetivo principalmente alertar que lugar de criança é na escola, é brincando e não no trabalho, para que possa crescer um adulto saudável. “É importante que a pessoa possa viver uma fase de cada vez. Não digo que uma criança não deva ter obrigações, como por exemplo, lavar as roupa e arrumar o quarto, contudo em hipótese alguma deve trabalhar como adulto, pois com certeza no futuro acarretará danos”, frisou Fernando.

Leia também:  Cursinho Força e Honra oferece aos alunos palestra com Paulino Yoshida

A procuradora do Ministério Público do Trabalho, Fernanda Duarte, ressaltou que infelizmente ainda ocorrem muitos casos de crianças que deixam de estudar para trabalhar o que é inaceitável e deve ser denunciado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.