Na reta final dos treinamentos para a tão aguardada defesa de cinturão contra Chris Weidman, no dia 6 de julho, em Las Vegas, os treinos do campeão Anderson Silva estão pegando fogo. Com viagem marcada para Los Angeles no próximo sábado (22), onde deverá fazer sua última semana de treinamento, Anderson já está de volta a velha forma. Que o digam os companheiros de treino da X-Gym, que hoje ajudaram o Spider a fazer cinco rounds.

Como de praxe, o campeão se movimentou muito, abaixou a guarda e permitiu que alguns golpes entrassem para simular uma situação desfavorável, mas sempre se recuperava a tempo de dominar as ações e vencer o round.

Leia também:  Holloway vence a luta contra José Aldo

Mesmo exigindo que todos os sparrings treinassem com caneleiras e protetores de cabeça, o lutador não conseguiu evitar um incidente no último round, quando acertou um chute na cabeça do parceiro que caiu nocauteado.

Preocupado, Anderson imediatamente parou o treino se ajoelhou e acudiu o parceiro. O companheiro voltou a si, mas Anderson, visivelmente chateado, parou o treino imediatamente e foi para o vestiário. “Ele odeia quando estas fatalidades acontecem com os companheiros, tanto que saiu chateado e nem falou com o Minotauro, que veio hoje aqui para assistir o treino dele”, disse o treinador Ramon Lemos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.