Uma mulher de 32 anos foi presa em flagrante pelo crime de roubo, na tarde desta segunda-feira, 17, no bairro Jardim Ana Célia, em Rio Preto. Segundo a Polícia Militar, Roberta Vieira Marques, teria entrado em uma empresa de informática e ameaçado a atendente do local.

De acordo com J.F.E., 20, a mulher usou papel e caneta para anunciar o roubo. “Ela entrou e pegou um jornal para ler, pediu caneta e papel, e em seguida me mostrou o que tinha escrito. Ela escreveu que estava armada com um revólver e era para eu entregar o dinheiro do caixa”, disse.

Ainda segundo a funcionária, Roberta começou a devolver parte do dinheiro. “Eu entreguei cerca de R$ 100. Ela começou a chorar e a dizer que não era ladra, que não estava armada e que era dependente química. Ela disse também que precisava do dinheiro para comprar drogas”, informou. A atendente acionou ajuda por meio de um botão de alarme instalado embaixo do balcão.

Leia também:  Inquérito da morte de manobrista é concluído com indiciamento de jovem em Cuiabá

A suspeita foi capturada pela Polícia Militar minutos depois, em uma rua próxima ao estabelecimento. Na Central de Flagrantes, a mulher aparentava estar fora de si e devolveu o restante do dinheiro. De acordo com a PM, Roberta é de Indiaporã e já cumpriu pena de três anos pelo crime de tráfico de drogas.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.