A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) recebeu autorização para um aumento de R$ 300 milhões no capital social. Foto Ilustrativa
A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) recebeu autorização para um aumento de R$ 300 milhões no capital social. Foto Ilustrativa

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) recebeu autorização para um aumento de R$ 300 milhões no capital social. Para tanto, a estatal vai receber recursos do orçamento federal.

A autorização foi feita por meio de decreto da presidente Dilma Rousseff, publicado nesta quarta-feira (12) no “Diário Oficial da União”.

A efetivação do aumento, que não precisará envolver emissão de ações, ainda depende da realização de assembleia geral de acionistas da empresa, cujo controle é da União. O decreto autoriza que, até a sua transferência, o valor previsto seja atualizado pela taxa Selic.

O último relatório de administração disponibilizado pela estatal informa que, no fim de 2012, o capital social da Infraero era de aproximadamente R$ 1,009 bilhão e constituído de 7.334.123 ações ordinárias nominativas.

Leia também:  Produção de petróleo e gás natural cresce no país em setembro

Mesmo com a privatização, a estatal continua explorando os aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas, pois detém 49% do capital total das Sociedades de Propósito Específico (SPE) de controle privado que venceram os respectivos leilões de concessão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.