Vários grupos políticos de Mato Grosso já se movimentam para emplacar seus sucessores na vida política. Desta forma é mais fácil ingressar na política e evita que os herdeiros se dediquem anos a militâncias para se elegerem.

No cenário legislativo, nomes como o do jovem médico Rodrigo Barbosa, filho mais velho do governador Silval Barbosa (PMDB), Janaina Riva (PSD), filha do deputado estadual José Geraldo Riva (PSD), e Júlio Neto, filho do deputado federal Júlio Campos (DEM) estão cotados para disputarem uma cadeira na Assembleia Legislativa (AL), em 2014.

Vale lembrar que o esposo de Janaina Riva (PSD), João Emanuel (PSD) que é vereador e presidente da Câmara de Cuiabá, foi eleito com o apoio do sogro.

Leia também:  Grupo deve pressionar Pátio por cargos melhores

Na maior parte dos casos, filhos, netos, irmãos e primos, permanecem na mesma legenda de partido que seus antepassados. Não é preciso ir longe para confirmar esta realidade, em Rondonópolis também acontece, onde parentes se aproveitam do nome político da família para se elegerem.

O jovem Ibrahim Zaher (PSD), filho do ex-vereador e atual Secretário de Receita Mohamed Zaher (PSD), mesmo sem nenhuma experiência em cargos públicos conseguiu se eleger vereador em Rondonópolis e ainda conquistar a cadeira mais cobiçada pelos parlamentares que a da presidência da Casa.

Outro caso também conhecido na cidade é o do primo do prefeito Percival Muniz (sem partido), Thiago Muniz (sem partido), que também aproveitou o sobrenome para começar uma carreira na política. Sem ter em seu currículo, histórias de militâncias pela população de Rondonópolis.

Leia também:  De volta ao Mato Grosso

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.