Foto: internet
Foto: internet

Nota oficial do Instituto Lula, divulgada nesta sexta-feira, nega críticas à articulação política do governo de Dilma Rousseff. Lula, que embarcou pela manhã para a Etiópia, disse que “a presidenta mostrou extraordinária sensibilidade ao propor a convocação de um plebiscito sobre a reforma política”.

“A iniciativa tem o mérito de romper o impasse nessa questão decisiva, que há décadas vem entrando e saindo da agenda nacional, sem lograr mudanças significativas. Ouvindo o povo, nosso sistema político poderá se renovar e aperfeiçoar. É o que se espera dele.”

Lula chamou de “barbeiragem” a condução política do governo em reação aos protestos de rua. Lula se queixou especialmente da forma “atabalhoada” com que a proposta de constituinte para a discussão de uma reforma política foi apresentada, sem prévia consulta à base governista.

Leia também:  Daltinho deve abrir guerra contra Pátio, por comando do Solidariedade
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.