Diversos tornados castigaram nesta sexta-feira o Estado americano de Oklahoma, deixando pelo menos cinco mortos e dezenas de feridos em uma região que há menos de duas semanas foi devastada por um fenômeno similar.

Nas imediações de Oklahoma City, onde 24 pessoas morreram por conta do último tornado, aproximadamente 50 mil habitantes ficaram sem energia elétrica. Além do alerta emitido para Oklahoma City, também elevaram os alertas de emergência para as cidades de Tulsa e Saint Louis.

Os corpos de uma mulher e seu bebê foram encontrados próximo a um automóvel que tinha sido atingido pela tempestade em uma estrada. Outras duas pessoas foram encontradas mortas dentro de um veículo em Union City e outra na cidade de Rena, informou a emissora local KWTV.
Muitas pessoas ficaram feridas em colisões e acidentes automobilísticos nas estradas afetadas pelos tornados. Vários veículos, entre eles caminhões de carga e seus respectivos reboques, capotaram devido à força dos ventos.

Leia também:  Mina desaba e deixa 14 pessoas desaparecidas em Gana

O Serviço Meteorológico Nacional dos EUA (Noaa, na sigla em inglês) emitiu um alerta à região metropolitana de Oklahoma City, bem como para a cidade de Moore, onde os estragos do último tornado foram mais graves.

O aeroporto local foi fechado. O site explicou que os passageiros foram levados aos túneis subterrâneos, e que tanto as decolagens como os pousos estavam cancelados.

A governadora Mary Fallin se disse muito preocupada e disse temer uma nova tragédia. “Estou aqui em frente ao Capitólio e chove granizo. Há fortes ventos e chuvas. Sirenes de alertas por tornados foram ouvidas várias vezes”, relatou Fallin à rede de TV CNN.

O tornado que castigou a região há poucos dias percorreu cerca de 27 km em torno de Oklahoma City e, em menos de 50 minutos, deixou dois colégios e um hospital, entre outros edifícios, destruídos. As autoridades estimaram as perdas entre US$ 1,5 e US$ 2 bilhões e calcularam que aproximadamente 36 mil pessoas ficaram desabrigadas e 1.200 casas foram completamente destruídas.

Leia também:  Grupo de pessoas são atacadas com serra elétrica e ficam gravemente feridas na Suíça

Oklahoma City está dentro do chamado “Corredor de Tornados”, que se estende da Dakota do Sul ao centro do Texas, uma região particularmente vulnerável a estes fenômenos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.