Os presidentes Barack Obama, dos EUA, e Xi Jinping, da China, caminham na Califónia, após fecharem acordo contra mudanças climáticas. (Foto: Jewel Samad/France Presse)
Os presidentes Barack Obama, dos EUA, e Xi Jinping, da China, caminham na Califónia, após fecharem acordo contra mudanças climáticas. (Foto: Jewel Samad/France Presse)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o da China, Xi Jinping, chegaram a um acordo sobre como abordar o tema nuclear da Coreia do Norte, ao mesmo tempo em que Pequim “reconheceu” as preocupações de Washington em matéria de segurança cibernética, disse neste um alto funcionário americano.

Obama e Xi estão “totalmente de acordo” no objetivo da “desnuclearização da península coreana” e no fato de que o programa de armamento nuclear de Pyongyang é “inaceitável”, disse o assessor em temas de segurança de Obama, Tom Donilon, durante uma entrevista coletiva em Rancho Mirage, onde os dois presidentes se reuniram.

Xi “reconheceu” também a preocupação de Washington sobre a segurança cibernética. Segundo Obama, se continuar, esse problema pode ser um obstáculo para as relações bilaterais entre os países.

Leia também:  Ataques contra quartel da Polícia deixam mais de 60 mortos no Afeganistão

A série de ataques cibernéticos chineses contra os EUA seria “incoerente com a maneira como pensamos em construir uma relação” com Pequim, acrescentou o conselheiro de segurança nacional.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.