Os deputados que compõem o Colégio de Líderes decidiram que a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 37 será votada hoje, na Câmara dos Deputados. “Encaminharei como líder da oposição voto contrário a proposta que reduz poderes dos promotores nas investigações em diversas áreas”, disse o deputado Nilson Leitão (PSDB-MT). “Também será apresentado um projeto de lei regulamentando o sistema de investigação por parte dos promotores”, adiantou Nilson. Ele expôs que as discussões continuam para “fechar” o projeto, que é de autoria do tucano Carlos Sampaio (SP), que é promotor, e quer regulamentar a investigação criminal.

Os recentes manifestos nacionais cobram dos parlamentares que não aprovem a PEC e serviram de pressão para que a câmara vote logo o projeto. Promotores e procuradores de justiça já fizeram diversas manifestações para que a proposta seja reprovada. Ela reduz autonomia para investigar suspeitas de corrupção e irregularidades cometidas também por políticos no exercício do mandato.

Leia também:  Vereadores cobram a implantação de semáforos em pontos críticos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.