bomba gas lacrimogenio
Policial turco dispara gás lacrimogêneo durante confrontos com manifestantes entre Taksim e Besiktas (Foto: Bulent Kilic/ AFP)

 

A polícia turca utilizou, na noite de segunda (3) para terça-feira (4), bombas de gás lacrimogêneo para dispersar centenas de manifestantes em

Ancara e Istambul, no quinto dia de manifestações contra o governo turco, indicaram testemunhas e uma rede de televisão.

Os policiais, criticados por sua brutalidade no início do movimento de protesto, entraram em ação contra grupos que jogavam pedras nas forças de ordem, indicaram a rede de televisão CNN-Türk e manifestantes.

Em Ancara, no bairro de Kavaklidere, a polícia disparou balas de borracha contra os manifestantes, segundo a “CNN-Türk”.

Em Istambul, os policiais dispararam dezenas de bombas de gás lacrimogêneo em cerca de 500 manifestantes no bairro de Gümüssuyu, onde barracas tinham sido montadas.

Leia também:  Aeronave da Marinha com 40 pessoas a bordo cai em base policial no Peru

Nessas duas cidades, outras manifestações maiores eram realizadas sem incidentes.

Os representantes do movimento de contestação na Turquia pedem regularmente nas redes sociais que os manifestantes não provoquem a polícia e não depredem bens

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.