De acordo com Ministério da Saúde, mais de 70% das mortes maternas são decorrentes de omissões-Foto: internet
De acordo com Ministério da Saúde, mais de 70% das mortes maternas são decorrentes de omissões-Foto: internet

Um estudo recente da ONU apontou que cerca de 287 mil mulheres morrem diariamente no mundo por problemas relacionados à gravidez. São quase 800 casos por dia, sendo que 90% das mortes de mulheres grávidas poderiam ser evitadas com o atendimento adequado.

No Brasil a morte materna é uma das dez principais causas de morte de mulheres com idade entre 10 e 49 anos.

De acordo com Ministério da Saúde, mais de 70% das mortes maternas são decorrentes de omissões, intervenções ou tratamentos incorretos ou, ainda, uma cadeia de eventos resultantes e relacionadas a essas causas.

De acordo com o levantamento o único modo de evitar este tipo de problema é conhecer o médico responsável pela gestante  e buscar referências anteriores. Para as mulheres que fazem o acompanhamento particular é recomendado que o médico seja o mesmo na hora do parto ou que ele esteja presente para maior tranquilidade da equipe e da paciente.

Leia também:  Saúde | Câncer de próstata, diagnóstico precoce é o caminho da cura e prevenção
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.