Manifestante se protege de jato d'água lançado por policial na madrugada desta sexta-feira (28) em Ancara, capital da Turquia (Foto: Adem Altan/AFP)
Manifestante se protege de jato d’água lançado por policial na madrugada desta sexta-feira (28) em Ancara, capital da Turquia (Foto: Adem Altan/AFP)

A polícia da Turquia utilizou gás lacrimogêneo e jatos d’água no centro de Ancara para dispersar centenas de manifestantes e anunciou a detenção de quatro pessoas.

A ação policial aconteceu no bairro bairro residencial de Dikmen, cenário de confrontos entre manifestantes e as forças de segurança desde o início, em 31 de maio, dos protestos contra o regime que está no poder desde 2002.

“Centenas de pessoas se reuniram e vaiaram o governo e não se dispersaram até a madrugada”, afirmou um manifestante à AFP.

Os opositores do governo do premiê conservador Recep Tayyip Erdogan criaram barricadas em uma das principais ruas do bairro e impediram o trânsito.

Os protestos diminuíram em Istambul, epicentro das manifestações, mas prosseguem na capital do país.

Leia também:  Incêndio de grandes proporções atinge shopping de Moscou
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.