Funcionários da superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, em Mato Grosso, decidiram paralisar as atividades, por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira (10). A informação foi confirmada, ao Só Notícias, pelo presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Mato Grosso (Sindsep-MT), Carlos Alberto de Almeida.

Na próxima quinta, haverá plenária pela Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) para saber se a decisão de Mato Grosso será acatada pela nacional, ou se será estabelecida outra data para greve, confirmada para ainda este mês em todo o Brasil.

Segundo a assessoria, a negociação iniciou em 2008 e até hoje não teve avanço. Sobre as reivindicações dos servidores do Dnit, o Ministério do Planejamento informou que a demanda ainda está distante dos parâmetros que o governo tem trabalhado o que provocou a insatisfação dos trabalhadores daquele órgão.

Leia também:  Paranatinga | Atleta de Jiu Jitsu conquista duas medalhas de ouro em campeonato internacional

Após esperar por resposta às demandas do servidores do Dnit, no final do mês passado a Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento solicitou a repactuação de prazos transferindo para julho a apresentação de uma possível proposta, o que não foi aceito pela categoria.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Mato Grosso (Sindsep-MT), Carlos Alberto de Almeida, disse que a categoria aguarda, há pelo menos cinco anos, o atendimento de suas reivindicações mais urgentes e diante do recuo do governo em negociar, os servidores do Dnit decidiram pela greve.

A categoria foi uma das poucas que não firmou acordo com o governo federal no processo de negociações de 2012 que assegurou reajustes médios de 15,8% – em três anos – para uma série de setores, já que suas principais reivindicações não seriam contempladas. Para este ano, foi iniciado um processo de mobilização em busca da reabertura do processo de negociações, o atendimento da pauta antiga e também daquela unificada do funcionalismo.

Leia também:  Ministério Público de Mato Grosso é o mais premiado do país
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.