Três mandados de prisão temporária foram cumpridos, nesta quarta-feira (12.06), pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Os presos Sanderson Prado Salazar, 18, conhecido como “Colé”, Adão Cristiano Duarte da Silva, 27, e Kleiton Carlos Souza Ramos, 22, são suspeitos de envolvimento no homicídio de Gysleno da Cruz Nogueira, no dia 1º de março deste ano.

O quarto suspeito do homicídio, identificado como Gabriel Fernando dos Santos, conhecido como “Gabrielzinho”, continua foragido.
Segundo as investigações ainda em andamento, os quatro acusados, moradores do bairro Tijucal, tiveram participação no homicídio. O crime ocorreu durante a madrugada, o acusado “Colé” conduzia a motocicleta utilizada no crime, quando “Gabrielzinho”, desferiu vários disparos de arma de fogo contra a vítima. O corpo foi encontrado no bairro São Francisco, no interior do veículo da vítima, um Saveiro, preto.

Leia também:  Duas são detidas com 117 porções de drogas escondidas nas partes íntimas e no sutiã

Em depoimento ao delegado da DHPP, Walfrido Franklin do Nascimento, os acusados confessaram o crime e disseram ter assassinado a vítima por vingança, depois de uma desavença. A partir da briga, os acusados passaram a ameaçar a vítima de morte.
As investigações continuam em busca do autor dos disparos e para apurar a participação dos demais suspeitos no homicídio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.