A final da 6ª edição do Pan-Americano de clubes de handebol, que aconteceu neste domingo (23), entre Taubaté e Pinheiros, foi emocionante. O jogo teve todos os ingredientes de uma grande decisão, viradas, nervosismo, belas jogadas e claro, gols. Destaque para Maik, goleiro do Taubaté, que foi fundamental para a conquista inédita do time, que venceu por 25 a 23.

A partida começou tensa e com vantagem para a equipe do Pinheiros. O time paulista saiu na frente na decisão e mostrava tranquilidade em quadra. As Entretanto, apareceu a estrela do goleiro Maik, que com ótimas defesas ajudou o Taubaté a se reencontrar no jogo. A partir daí, o que se viu, foi uma bela decisão e com o time da casa errando menos. Segundo Maik, agora é pensar no Mundial que será no Qatar.

Leia também:  Em competição em Cuiabá, estudantes de Rondonópolis se classificam para Jogos Brasileiros

“O título foi merecido. Nós trabalhamos o ano todo para chegar a esse momento”, afirma o goleiro. “Em relação ao Qatar, a ficha não caiu ainda. Vamos comemorar essa conquista. Todos os jogadores deram ao máximo, inclusive, eu estou há 10 meses com uma lesão no joelho e também com o apoio intenso desta torcida maravilhosa nossa motivação só cresceu. Orgulho de ser Taubaté.”

Além da conquista do título, Maik foi eleito como o melhor jogador da competição. Agora, o Taubaté volta a focar no campeonato paulista que está em andamento. Após isso, a equipe embarca em agosto para disputar o Mundial e logo em seguida o Aberto de Liga Nacional.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.