Vereador Thiago Silva - Foto: assessoria
Vereador Thiago Silva – Foto: assessoria

O vereador Thiago Silva (PMDB), usou nesta quarta-feira (12), da tribuna da Câmara Municipal, durante a sessão ordinária para cobrar do poder público a reativação das câmeras de segurança desativadas na cidade há quase um ano e meio.

De acordo com o vereador Thiago Silva o sistema parou de funcionar em janeiro de 2012 após problemas técnicos ocasionados pela falta de manutenção. “Os problemas começaram a se agravar desde meados de 2011, quando houve o encerramento do contrato de manutenção do sistema com a empresa que havia instalado os equipamentos”, disse o vereador.

Mesmo quando as câmeras estavam em funcionamento, a Polícia Militar reclamava de problemas técnicos que estavam atrapalhando a eficácia dos equipamentos. A falta de resolução das imagens era uma das deficiências apontadas.

Leia também:  Michel Temer admite possibilidade sobre aumento do Imposto de Renda

O sistema de monitoramento eletrônico por câmeras foi inaugurado em Rondonópolis no dia 01 de julho de 2010, pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública e a Prefeitura de Rondonópolis. O investimento foi da ordem de R$ 1 milhão.

Foram anunciadas na ocasião 26 câmeras de videomonitoramento, instaladas na região central, saídas e entradas da cidade e pontos estratégicos. A intenção era que o sistema funcionasse de forma proativa, reagindo antecipadamente e evitando que a ação delituosa ocorresse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.