Depois da vitória por 4 a 3 sobre o Japão, o técnico da seleção italiana Cesare Prandelli, afirmou que os seus jogadores sofreram com o desgaste físico durante a partida em Pernambuco.

A equipe precisou correr bastante em busca da reação depois de ver o time japonês abrir 2 a 0 no placar. Conseguiu virar a partida por 3 a 2, mas voltou a sofrer.

O Japão chegou ao empate por 3 a 3 e criou grandes chances de virar o jogo. No entanto, foi a Itália que marcou o quarto gol.

“Reagimos bem, mas paramos de novo. Porém, não foi para administrar a partida. Foi porque não tínhamos gasolina”, declarou o técnico da seleção italiana.

Prandelli falou que a equipe sentiu bastante o calor feito em Pernambuco e não quis comentar sobre o jogo contra o Brasil, em Salvador, na última fase de grupo da Copa das Confederações. Os dois times já estão classificados.

Leia também:  Rondonópolis é campeão do 'Campeonato Brasileiro de Futebol de Surdos'

“Eu penso somente em recuperar a equipe. Temos que enfrentar o problema do clima, aqui um calor maluco”, declarou.

Ele também reclamou do formato da Copa das Confederações. Alega que o torneio é muito cansativo para os atletas.

“Foi um jogo sofrido. Sofremos. Muita coisa estava em jogo, a resistência física estava em jogo. O Japão teve um dia a mais para descansar. Esse torneio é interessante. mas quem sabe deveria ser programado de uma outra maneira, com mais tempo entre um jogo e outro”, afirmou. “O país é muito quente”, completou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.